casca

Com quantas cascas de ovos se faz uma luminária? Se você acha a pergunta estranha, é porque ainda não conhece esse lançamento.

O ovo é um dos artigos mais versáteis e acessíveis da nossa cultura alimentar; e o Brasil, um de seus maiores produtores mundiais. Ainda assim, o destino dado à casca, aqui no país, deixa a desejar. Normalmente, ela acaba no lixo comum e tem sabe-se lá que fim. E se fosse possível fazer mais com essa matéria tão abundante e, ao mesmo tempo, tão subaproveitada?

Eis que surge Casca, a coleção que brinca com o “estado de ser” do ovo e propõe outro fim para resíduos de empresas alimentícias do Rio Grande do Sul. A ideia é usar o design como ferramenta para reintroduzir a casca na lógica de consumo.

Essa coleção apresenta uma alternativa ao descarte. Ela nasce de uma provocação séria, mas sua abordagem é leve e comparativa. Você sabia que, com as cascas dos ovos que um brasileiro consome durante 8 meses*, é possível fazer um vaso para plantas?

Unindo casca e madeira, as peças dessa coleção recebem formas orgânicas e minimalistas que fazem jus à matéria-prima. Sim, todas elas têm cascas de verdade. Admita, você está chocado.

*Cálculo baseado em dados do Relatório Anual da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), edição 2022, referente ao ano de 2021.